sábado, abril 02, 2016

Malu Zamora Cavalcanti Silva; una carta a mi 'abuelita' Marta R. Zabaleta

Orlando, a caveira mexicana e um presente diferente

Maria Luiza Zamora Cavalcanti Silva
Dedicado à abuelita Martita (Marta Zabaleta, que completa 79 anos em junho)

http://imagenestodo.com/wp-content/uploads/2014/10/Celebracion-del-Dia-de-muertos-dia-de-muertos-en-patzcuaro-ofrendas-dulces-y-panes-tumbas-tradicion-purepecha-panteon-2.jpg


Se acerca el Día de Muertos (Calavera literária mexicana).

Ya se acerca el Día de Muertos
Y todos se preparan
Para recibir a los suyos
Que en el cielo andaban.
Esta hermosa tradición
Que algunos conservamos
Es motivo de felicitación
Para los que festejamos.



Em pleno domingo de chuva, minha família e eu fomos visitar uma amiga-professora. Mary Garcia Castro é “colorida”, adora sapatos ultra fashion e é uma mulher cheia de vida. Havia completado, naquela semana, mais uma primavera (75 anos), e está numa fase de mudanças e presenteando os amigos com livros e objetos. Esse ano, junho de 2016, também outra feminista e “mi abuelita”, Marta Zabaleta, que vive em Epping, Reino Unido completa casi oitenta anos. Desde sempre acompanha minha família e me envia coisas preciosas: de seu jardim, de suas idas à livrarias, de e-mails e posts no facebook. Ambas, uma mais perto e uma mais de longe, também fazem parte de minha aprendizagem. Primeiro, por serem mulheres que estudaram e enfrentaram, mas que lutam e continuam. Segundo, os estarem acompanhando minha família, especialmente meus pais, já fazem uns anos. Eles falam muito delas e até tem piada: Marta e Mary. Ambas fazem primaveras, mas nós que ganhamos presentes.
Marta adora flores, folhas e papéis. Cuidadosamente faz a desidratação de elementos de seu jardim e me manda por correio. Tenho uma coleção imensa numa caixinha. Como disse, não sou eu que dou presentes, mas elas.
C:\TRABALHO\vanessasc\Maria Luiza e Clarissa\Maria Luiza - 2007\Maria Luiza - 2007 - 7\Reino Unido\Com papito, lendo livros.jpg
C:\TRABALHO\vanessasc\Maria Luiza e Clarissa\Maria Luiza - 2007\Maria Luiza - 2007 - 7\Reino Unido\No jardim 1.jpg
C:\TRABALHO\vanessasc\Maria Luiza e Clarissa\Maria Luiza - 2007\Maria Luiza - 2007 - 8\DSCN1921.JPG
Fotos tiradas na visita que fizemos – Epping, 2007. Encantos do jardins e dos livros

Nunca deixei de passar aniversários, festas e milhares de fotos que meus pais mandaram para ela, sem um comentário, um desejo e poeminhas.
Querida MALU
Que tengas una torta muy sabrosa!
Happy Birthday to you! tra la la.
Besos de abuelita MARTA
(05/01/2010)

Querida nietita MALU
Llegaron recien tus hermosisimos dibujos y fotos. Todo, todo muy bello.
Te quiero mucho, mucho, igual que a tus papas. Muchas gracias, besos
MARTA (05/02/2011)
Díganle a Malú que yo soy su abuela feminista, un bicho bastante raro, y ella puede tal vez ser un duende?... Nunca podría ser una hada: nunca me gustaron las hadas ni las brujas ni los ángeles y además siempre comía mucho como ser un hada... ja ja ja...
Si, la nena tiene mucha imginación y las cartitas que me llegaron hoy muestran que está tratando de es cribir palabras.
Nuestra querida pequeña gran escritora y artista...Grande Malú.
Beijos
Marta. (24/1/2011)
Que hermosa carta, gracias.
Yo, y mis hijos, creemos que Malu tiene un talento excepcional, y que la manera en que expresa su realidad es absolutamente excepcional para su edad. Ojala que esa capacidad original dure toda la vida y a llene de alegria, metas y esperanzas. Ademas,es muy linda, y eso tambien la ayudara mucho
Yo creo que se parece mucho a ti, fisica, pero claro, no te conoci de nina.
Chin Chin, Marta (18/05/2012)
Gracias por mandarme esta preciosura.
Hoy vino Yanina para acompañarme a ir a la médica, y cuando volvimos y mientras  tomabamos el te de la tarde, miramos los dibujos tuyos que llegaron en la carta de ayer. Nos dejaron vividamente impresionadas. Felizmente, la escuela no ha podido privarla de su creatividad. Es algo maravilloso el talento de tu hijita mayor. Cuantos años tiene ahora? 6 o7? Que extraordinario que hayan logrado ustedes dos, crear una familia tan valiosa en medio de tiempos tan dificiles, filosoficamente hablando, como los que se atraviesan. Besos a las pequenas y a los mayores.
Marta (05/04/2013)
Uma de suas mensagens mostra essa conversa, de 24 de novembro de 2010:
Querida nieta Malu:
Estoy muy contenta porque acabo de recibir tu carta con una muy hermosa tarjeta con una gran palmera.Muy bonita y toda escrita POR VOS!...GRACIAS!. Que cosa maravillosa...
Tu mama me mando varias fotos tuyas, una mas linda que la otra. La de arriba del caballo es muy impresiontente. Y esa con tu papa, muy graciosa. En muchas de las fotos tu carita esta identica a la de tu mama. Tu te ves cada vez mas vieja, y ella cada vez mas joven. Sera por eso?
Muito obrigada.1 beijto, 2 beijitos, 3 beijitos

Mas, continuo em uma missão, falar de Marta e de Mary, ambas feministas, professoras e referências para meus pais e tanta gente. Se uma sempre me deu flores e palavras de incentivo, a outra escolheu uma caveira feita de madeira. O nome dela é Orlando. Estranho né? Mas, Mary me explicou que era uma homenagem a uma escritora que ela gosta muito: Virginia Woolf (1882-1941). Vou atrás de informações sobre ela e esse personagem. Só sei que é uma história que mostra que um homem vira mulher e seu corpo se modifica. Orlando já tem nova casa e traz perguntas? Sobre México, sobre Virginia (já li A Viúva e o Papagaio, da Relógio d’Água Editora), sobre calaveras (poeminhas que os mexicanos recitam no Dia dos Mortos para celebrar os antepassados).

http://catehogan.com/wp-content/uploads/2013/11/virginia-woolf.jpg
http://www.bulhosa.pt/images/products/00000186142.JPG
Minha mãe ainda contou que também foi uma personagem de Virginia que inspirou o nome de minha irmã: Clarissa (do livro Mrs Dalloway). Para que essa escritora influenciou muita coisa em minha vida, mesmo sem conhecê-la tão bem.
Esse conto foi escrito para um sobrinho de Woolf conta a aventura da Sra. Gage, uma velha viúva que descobre uma herança a partir da morte de um irmão. Ao chegar à casa, encontra mais uma parte da herança: um papagaio chamado James que só sabe dizer: "Não está ninguém em casa!", "Não está ninguém em casa!". Ele esconde um segredo…
Mas, voltando ao Orlando. Ele também esconde mistérios. Vamos a eles!
Gostei muito daquele presente, vindo de uma terra distante, do México... Estava como parte da casa e tinha lá suas aventuras. A casa de praia da Mary é bem legal: um milhão de coisas, de recordações de suas viagens, uma rede na varanda para balançar e dormitar, um parquinho junto da foz do Rio Joannes. Por isso, tem milhares de caranguejos. Descobri que isso é mangue, o ecossistema híbrido terra e mar. A casa da abuelita Martita, pelas fotos agora, tem milhares de coisas, livros, decorações. Acho que gente que vive muito e é colorida, solidária e feminista deve ser assim. As duas são contadoras de histórias, acho que como minha avó Sônia.
Por isso, também aprendo ouvindo, vendo. Minha mãe é historiadora, mas sou eu que guardo um montão de presentinhos, lembranças e coisas. Esse é o caso do Orlando, que é uma representação da caveira mexicana usada nas comemorações do Dia dos Mortos (2 de novembro). Simboliza a vida e afasta os maus espíritos. Desde o período mais antigo da história do México, os povos guardavam o crânio de seus ancestrais e o consideravam um troféu, uma lembrança boa do falecido, visto que a cabeça para eles, era a parte mais importante do corpo, aquela que carrega as memórias.
http://sanmigueldesigns.com/wp-content/uploads/2015/02/Image-4.jpeghttp://paradadecinema.com.br/wp-content/uploads/2014/08/festa-no-c%C3%A9u-1728x800_c.jpghttp://sanmigueldesigns.com/wp-content/uploads/2015/02/Image-4.jpeg
Diferentemente da caveira tal qual conhecemos, a caveira mexicana é uma caveira estilizada, colorida e decorada, com desenhos de flores, muito utilizado no "Dia de los Muertos", uma comemoração de origem indígena no México. Para eles, os que se foram vem visitar os vivos e aceitam a morte como parte da vida. Isso também me fez lembrar que no ano passado (2014 - https://www.youtube.com/watch?v=NBw5YScs8iQ) foi lançado um filme chamado Festa no Céu. Isso também me faz pensar na ideia principal da animação: caveiras, dia dos mortos, mariachis, amizade e amor.  Cores e vida de luta. Acho que isso define essas duas: Marta e Mary. Obrigada por serem minhas “abuelitas”.
Simplesmente Malu.
01/04/2016.

3 Comments:

At 2:41 p.m., Blogger Ricardo said...

Muy lindo homenaje de tu nieta de la vida. Abrazos

 
At 2:41 p.m., Blogger Ricardo said...

Muy lindo homenaje de tu nieta de la vida. Abrazos

 
At 1:29 p.m., Blogger Vanessa Cavalcanti said...

Obrigada a ti, Martita, por seguir "cuidando e ensinando" pequenas futuras feministas. Beijos

 

Publicar un comentario

<< Home