jueves, noviembre 24, 2016

Brasil : retratos de familia-concurso

Prezadas e prezados,

Compartilhamos e incentivamos a participação de mulheres amadoras ou profissionais no 6º Concurso de Fotografia do SOS Ação Mulher e Família, cujo tema é “Família: um retrato do século XXI”. As informações e cronograma do concurso estão abaixo:

 
6º CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO SOS AÇÃO MULHER E FAMÍLIA
 
"Família: um retrato do século XXI"
O século XXI começa e traz consigo um clima de inconformidades, dúvidas e questionamentos a respeito do que está posto. Tal movimento pode ser tomado negativamente, traduzindo-se no ressentimento vindo da ideia de que o mundo nos deve algo, que temos o dever de ser o que se espera de nós, ou ainda que “o homem está condenado a ser livre”, como diria Sartre, ainda no século passado. 
Se encarado positivamente, este clima pode se configurar na desconstrução, logo reconstrução, de ideários, dogmas, deveres e certezas cristalizadas, tal qual a família, ou quem sabe seja mais correto dizer o “conceito de família”. Podemos refletir que de fato esta instituição entrou para o conglomerado dos “repensados”, revista em suas estruturas e, ainda que minimamente, ressignificada.
Família patriarcal, matriarcal, de base sólida ou permeável. De sangue ou a de coração, imposta ou escolhida. Sua importância é indiscutível e suas influências estarão eternamente impregnadas no sujeito, servindo-lhe de bagagem por toda a vida.
Se avaliarmos o contexto social, o que sempre é necessário, veremos que a relação que a mulher mantém com a família tem um peso e uma noção de obrigação bastante peculiares. Ela é aquela que será cobrada a ficar com a mãe, aprender os afazeres domésticos e se manter sempre por perto, alerta aos cuidados necessários, ainda que isso impacte ou impeça seu avanço profissional, pessoal, financeiro, cultural... Isso sem contar com a maternidade, selecionada pela evolução, e com a maternagem, processo que em dado momento foi considerado sagrado por instituições com interesses diversos, dos mais aos menos nobres.
O século XXI engatinha, e com esse movimento rudimentar vemos os questionamentos, os positivos, que colocam os sujeitos a se questionarem: “O que é de fato família, e qual eu quero ter?” Seja com ele, com ela, eles, elas, eles e elas…
Bom seria se cada um tivesse família, campo vasto, fértil e semeado, que com calor, cuidado e paciência se torna vale de flores e frutos, vale de sonhos, de conquistas, de lutas, mas também vale de repouso, de colo, de calmaria.
Talvez, o único(a) que possa definir “família” é quem faz parte dela, seja ela qual for.
 
Rodolfo Olivieri
Voluntário do SOSAMF

 
 
REGULAMENTO
6º CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO SOS AÇÃO MULHER E FAMÍLIA
 
Tema – "Família: um retrato do século XXI"
 
DA PARTICIPAÇÃO
ARTIGO 1º: O Concurso é aberto a fotógrafos amadores e profissionais, brasileiros e estrangeiros, com idade mínima de 18 anos. A participação no presente concurso implica por si a aceitação, por parte dos inscritos, de todos os termos e condições deste regulamento.
 
DO OBJETIVO DO CONCURSO
ARTIGO 2º: Família patriarcal, matriarcal, de base sólida ou permeável. De sangue ou a de coração, imposta ou escolhida. Sua importância é indiscutível e suas influências estarão eternamente impregnadas no sujeito, servindo-lhe de bagagem por toda a vida. “O que é de fato família, e qual eu quero ter?” Talvez, o único(a) que possa definir “família” é quem faz parte dela, seja ela qual for.
Dessa forma, o 6º Concurso de Fotografia do SOS Ação Mulher e Família convida a todas e a todos a definir o que é Família, considerando suas múltiplas configurações. Serão selecionadas 30 fotos que melhor expressarem o tema do concurso.
 
DO PRÊMIO
ARTIGO 3º: Não haverá prêmios em dinheiro ou objetos para os 30 selecionados. A seleção e exibição das fotos com os devidos créditos será por si mesmo o prêmio do concurso. Todos os selecionados receberão um certificado de seleção e participação no concurso.
 
DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO
ARTIGO 4º: Este Concurso tem por tema “Família: um retrato do século XXI".
 
ARTIGO 5º: Serão aceitas fotos coloridas ou em preto e branco, desde que se enquadrem no tema proposto e atendam as especificações definidas no ARTIGO 7º deste regulamento.
 
ARTIGO 6˚: Cada participante poderá enviar no máximo 03 fotos.
 
ARTIGO 7º: Todas as fotos devem ser enviadas em formato digital “.jpg”, no tamanho para obter uma cópia impressa 20 X 30 cm (2550x1700 – 200 dpi – com tamanho aproximado de mínimo de 4.0 Megapixels). Os arquivos devem ser enviados para o e-mail: sosmulherfotografia@gmail.com
 
ARTIGO 8º: Ao enviar a foto, o participante deverá informar no email:
•              Título da fotografia
•              Nome completo, RG, endereço e email do participante
 
Parágrafo único: O participante deve providenciar para que o recebimento pelo SOS Ação Mulher e Família ocorra até 31/01/2017, impreterivelmente.
 
ARTIGO 9º: As fotografias apresentadas devem ser de autoria própria do participante, não constituindo plágio de espécie alguma e caso seja necessário deve conter as devidas autorizações por uso de imagem das pessoas retratadas.
 
ARTIGO 10º: O SOS Ação Mulher e Família e o Núcleo de Fotografia de Campinas não se responsabilizarão por quaisquer problemas relacionados ao uso de imagem e, uma vez iniciada a exposição com as fotos selecionadas, por danos ocorridos durante o transporte do material, assim como extravios.
 
Parágrafo único: Qualquer dúvida será esclarecida através de email pelos organizadores do concurso.
 
DOS PRAZOS
ARTIGO 11º: O Concurso obedecerá ao seguinte cronograma:
                         01 de novembro de 2016 – Abertura do concurso e início do recebimento das fotos para julgamento.
                         31 de janeiro de 2017 – Prazo final para entrega das fotografias via e-mail, juntamente com os dados do inscrito.
                         15 de fevereiro de 2017 - Anúncio do resultado final através dos blogs dos organizadores:
Simultaneamente, os selecionados serão avisados por email.
                         8 de março, às 17 horas – Abertura da exposição no Senac Campinas das 30 fotos selecionadas.
                         9 de março a 8 de abril/2017, de segunda a sexta-feira, das 8 às 21 horas, e aos sábados, das 8 às 15 horas – Exposição no Senac Campinas das 30 fotos selecionadas. Posteriormente serão também exibidas nas "homepages" do SOS Ação Mulher e Família e do NuFCa.
 
DA COMISSÃO JULGADORA
ARTIGO 12º: A comissão julgadora será composta por 02 membros do SOS Ação Mulher e Família, 02 membros do Núcleo de Fotografia de Campinas e um membro externo escolhido por seus méritos e conhecimentos fotográficos.
 
ARTIGO 13º: Os nomes dos jurados serão divulgados nos blogs dos organizadores antes do dia do julgamento.
 
ARTIGO 14º: As decisões da comissão julgadora não serão suscetíveis de recursos ou impugnações em qualquer etapa do processo e da seleção.
 
ARTIGO 15º: É vedada a participação na qualidade de concorrentes ao Concurso de funcionários do SOS Ação Mulher e Família, jurados e seus familiares até terceiro grau.
 
UTILIZAÇÃO DAS IMAGENS SELECIONADAS
ARTIGO 16º: As fotos selecionadas serão incorporadas à coleção de fotos do SOS Ação Mulher e Família e podem vir a ser utilizadas como material de divulgação do presente concurso, assim como de suas futuras edições.
 
DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS
ARTIGO 17º: Os casos omissos serão definidos pelos organizadores do Concurso, a saber: SOS Ação Mulher e Família e Núcleo de Fotografia de Campinas.
 
 
Sobre a entidade
Fundada em 1980 em Campinas, SOS Ação Mulher e Família tornou-se referência por suas características e especificidades no enfrentamento da violência de gênero, com apoio psicossocial e jurídico à mulher, ao homem, à criança e ao adolescente. A entidade faz parte do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), que apóia, orienta e acompanha as famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos. A iniciativa compreende atenções e orientações direcionadas para a promoção de direitos, a preservação e o fortalecimento de vínculos familiares, comunitários, sociais e da função protetiva das famílias em situações de risco pessoal e social.

Rua Dr. Quirino, 1856 / 1° andar - Centro - Campinas / SP
CEP 13015-082 - Telefone: (19) 3232.1544 / 3234.2272

0 Comments:

Publicar un comentario

<< Home